Direção Executiva

Diretor Executivo: Dr. Mauro Dilema

Mauro Dilema, de nacionalidade italiana, concluiu o curso superior de piano com a idade de vinte anos tendo obtido a classificação máxima e a distinção no Conservatório de Música de Matera. Classificou-se desde pequeno nas competições nacionais, internacionais e execuções pianísticas e de câmara. Ganhou, com a idade de 16 anos, o prémio “Aluno do ano” no Conservatório de Música de Matera. Aos 18 anos tocou como solista com a orquestra do Conservatório de Música de Matera, concerto esse que teve, quer por parte do público, quer por parte da crítica uma ótima aceitação. No ano 1998 ganhou uma Bolsa de estudo no Teatro alla Scala de Milão como pianista acompanhador e no ano 1999 foi o primeiro classificado na competição por pianista solo e de câmara na Orquestra do Teatro de Volterra. A sua atividade como concertista levou-o a várias cidades italianas. Tem-se apresentado em França, Espanha, Holanda, Portugal quer solo, quer integrado em diversas formações; tocou em temporadas como a Festa da Música da Academia de Fiesole, o Festival de Ravello, o Crae de Évora, para a Universidade de Évora, a Universidade do Algarve, a Eborae Musica de Évora, o Instituto Italiano de Cultura em Portugal, no Festival Frei Manuel Cardoso, na RTP2 canal nacional do Portugal e no programa Concertos Abertos da Antena 2. Teatro Sociale em Bergamo, Sala Greppi de Bergamo, Sala Boggian em Verona, Teatro Donizetti e, Bergamo Teatro Nacional em Montegiorgio, Teatro Nacional em Torino, Societá Umanitaria em Milano etc.. Em Maio 2014 debutou na prestigiada Sala Verdi em Milão onde, depois do sucesso de público e de crítica, foi convidado a integrar a temporada 2015/2016.


… Mauro Dilema, que, num programa de grande responsabilidade, se revelou um exímio concertista de muitíssimo bom talento…num discurso pianístico de um virtuosismo de altíssima qualidade, vibrante, espetacular, numa interpretação cheia de fascinantes acrobacias e ousadias técnicas…

(Diário do Alentejo)


Tem colaborado com o cantor Ricardo Visus em varias Masterclass em Espanha. Gravou, com o contrabaixista Carlos Menezes, o CD Pianoencontrabaixo distribuído pela FNAC Portugal. Estreou em Portugal o Concerto em mi menor de F. Liszt Malediction para piano e orquestra de cordas. Ganhou em 2005 o Concurso Nacional em Itália para o ensino AFAM (Alta Formazione Artistica e Musicale), ficando em 3º lugar. Tem sido Professor de Piano no Istituto Superiore di Studi Musicali – G. Donizetti em Bergamo e no Istituto Superiore di Studi Musicali – G. Verdi em Ravenna (Italia). Desde 2000 integra o corpo docente na Universidade de Évora. Concluiu o Doutoramento em Música e Musicologia em 2014 pela Universidade de Évora Instituto de Investigação e Formação Avançada. É Professor Auxiliar na Universidade de Évora Escola de Artes e responsável pela disciplina de Música de Câmara. Em Fevereiro de 2014 foi convidado a ocupar o cargo de Diretor Executivo do Conservatório Regional do Baixo Alentejo.