História

Conservatório Regional do Baixo Alentejo …

O Conservatório Regional do Baixo Alentejo surge com o objetivo de poder dedicar-se ao ensino de várias artes, para além das que vinham sendo lecionadas pela Academia de Música do Centro Cultural de Beja. A escritura pública de constituição da Associação teve lugar a 16 de Março de 1995, no Auditório da Biblioteca Municipal de Beja, com a presença de todos os Sócios Fundadores. Até 1999 associaram-se a este projeto a Câmara Municipal de Almodôvar, Moura, Odemira e Sines.
No ano lectivo 1996/1997 o Conservatório inicia a sua actividade letiva, com autorização do Ministério da Educação.
Dada a precariedade e insuficiência de instalações que pudessem responder condignamente ao aumento da população escolar, o Conservatório adquire um edifício de construção medieval, em degradação no Centro Histórico da Cidade de Beja. Com a contribuição dos fundos comunitários o edifício foi projetado e reconstruído para acolher uma população escolar de 400 alunos.
Em 2003 a sede do Conservatório passa para o nº 45-46 da Praça da República em Beja.
Prosseguindo uma política de expansão que permita levar o ensino artístico a outras vilas e cidades desta região, o Conservatório criou as secções de Moura e Castro Verde, a funcionar em imóveis cedidos pelas respetivas Câmaras Municipais.
Atualmente o Conservatório tem 10 Associados.